Eu gosto de clichês. Eu gosto de um bom dia acompanhado de um sorriso, eu gosto de um “não vivo sem ti” e “eu te amo”, desde que sejam verdadeiros, eu gosto de abraços, de sorrisos no meio de um beijo, eu gosto de cavalheirismo. Repito, eu gosto de clichês.

Se eu parei de falar, fiquei mais quieta e menos comunicável, não se espante. Não é porque eu quis parar de falar com você, nem porque eu cansei de você. Eu só to precisando de um tempo, do meu tempo. Precisando de pensar, colocar as coisas no lugar e dar um tempo pro meu coração. Coitado, quase não tem forças pra bater. Eu não te esqueci e não te abandonei, eu só to fraca e cansada disso tudo, dessa monotonia, da falta de interesse, da falta de amigos verdadeiros. Cansei de esperar alguém que não volta. Me da um tempo porque eu já volto.
— Jota Machado 
Você pode descobrir mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa. —Platão
Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver. —Dalai Lama
“Ela não diz “eu te amo” como uma pessoa normal. Ao invés disso, ela irá rir, balançar a cabeça, dar sorrisos e dizer: “você é um idiota”. Se ela dizer que você é um idiota, você é um homem de sorte.”
— How I Met Your Mother. — I

Pode ser que um dia tudo vá terminar.
Que você encontre outra pessoa e eu também.
Que eu te diga mil vezes que não valeu a pena se sacrificar.
(Se tudo se acabar
E você ñ puder mais me tocar;)

Pode ser que agora você não vá concordar,
mas daqui uns anos passe ao meu lado
com a mulher da sua vida.
E finja não me notar.
(Se com outra estiver
E você me malquiser;)

Pode ser que, se o nosso relacionamento acabar,
você pense q eu sou muito melhor sem você.
Sem conseguir entender 
o que por fora não dá pra enxergar.
(Se fingir não se importar
E eu conseguir te enganar;)

Pode ser que eu me case com um outro alguém,
que eu tenha filhos,
que eu tenha uma ótima profissão.
Ou que eu ñ case com ninguém.
(Se o mundo me distorcer
E não saber o que fazer;)

Pode ser que você siga seu destino,
e eu o meu.
Que nós não nos falemos mais.
Afinal, nós somos jovens e fazemos coisas com desatino.
(Se verdades contar
E ninguém nos escutar;)

Pode ser que você tenha raiva de mim,
ou eu guarde rancor de você.
Mas teremos consciência que
um dia tudo acaba enfim.
(Se eu enlouquecer
E você se perder;)

Pode ser que eu nunca mais te veja
e que você se lembre vagamente de mim…
De repente nem lembre,
pois haverá outro ser que te deseja.
(Se os passos se cruzarem
E as lembranças voltarem)

Pode ser que tudo isso,
ou nada disso aconteça.

Mas saiba que:

Mesmo que eu ñ mais viver
E ainda que eu jamais morrer;

Você fará falta aqui…
Não importa o que aconteça.
Você será sempre assim, 
Especial demais pra mim.
Porque o amor, 
Ah o amor nunca se acaba,
Ele apenas congela.

Jéssica Fernanda Bicalho

Você não sabe o quanto eu sofri…
Muitas vezes chorei por tudo terminar
E eu não conseguir achar explicação para isso.
Torturei-me por nunca ter sido o bastante
Para satisfazer todos seus desejos…
Deixei de lado quem eu era
para viver você!
Mudei tudo…e em algum momento
até cheguei a me perder.
Perdi-me de mim e de você…
Vi-me sozinha em meio à escuridão…
Mas foi nesse abismo q encontrei a solução e meu caminho!
Hoje estou aqui, reabilitado de tudo q vivi do seu lado…
Espero um dia te reencontrar numa bem melhor,
Só para te dizer q apesar de tudo foi um
Prazer ter amado você! —Franciane Costa